top of page
Buscar
  • suporte8933

Simulação e o desenvolvimento de Carros de corrida.

O design de carros de corrida é um processo complexo que envolve uma equipe de especialistas trabalhando juntos para alcançar o objetivo final de vencer corridas. Esse processo abrange várias áreas, como chassi, motor, suspensão e carroceria, com o objetivo de maximizar o desempenho do carro. Uma parte crucial desse trabalho é garantir que as metas de desempenho sejam alcançadas dentro do prazo, ao mesmo tempo em que se assegura a segurança do piloto. É fundamental que todas as decisões de design tomadas no modelo virtual não representem um risco para o piloto quando o carro estiver na pista.

Um aspecto fundamental do design de carros de corrida é a compreensão dos regulamentos específicos da categoria. A aerodinâmica é particularmente importante, pois não apenas afeta o desempenho do carro, mas também influencia outros aspectos, como o arrefecimento do motor, dos travões e o conforto do condutor. Os regulamentos técnicos detalhados e rigorosos nesta área têm um impacto significativo nas metas de desempenho e segurança, direcionando o foco e os recursos para garantir o cumprimento desses critérios. É um processo que requer paixão, dedicação e engenharia de precisão, culminando na busca pela vitória nas pistas.


A simulação revolucionou o design de carros de corrida, substituindo em grande parte os testes físicos tradicionais. Antes, os fabricantes dependiam de testes com carros reais, peças de teste, pistas e disponibilidade de motoristas para avaliar o desempenho, um processo demorado que geralmente levava de seis a doze meses para levar o primeiro carro à pista. Com a simulação, todos esses processos podem ser realizados virtualmente, usando um gêmeo virtual 3D EXPERIENCE do carro. O uso de simuladores driver-in-the-loop abriu novos caminhos para o desenvolvimento, permitindo avaliar o impacto das modificações em qualquer pista do mundo. Isso resultou em uma integração mais profunda no processo de design e em uma redução significativa do tempo necessário para projetar o carro de corrida.


Os modelos complexos agora consideram uma infinidade de detalhes que antes eram ignorados. A aerodinâmica desempenha um papel fundamental, impactando componentes críticos como o arrefecimento do motor, dos travões e o conforto do condutor. A complexidade dos modelos de dinâmica de fluidos computacional (CFD) aumentou significativamente ao longo dos anos, permitindo a consideração de detalhes anteriormente inatingíveis. Antigamente, os testes físicos em pistas com carros e peças reais eram comuns, mas a simulação transformou esse processo. Por exemplo, as simulações aerodinâmicas agora são 1000 vezes maiores e são resolvidas em questão de horas, em vez de dias ou semanas.

A simulação verdadeiramente transformou o processo de design, permitindo o uso eficiente do tempo antes da primeira corrida para alcançar o desempenho máximo e garantir a segurança do piloto. Com a simulação, o desempenho de um carro de corrida está diretamente relacionado à eficiência do processo de design, tornando-a uma ferramenta indispensável no design de carros de corrida modernos. Isso é moldado por uma compreensão meticulosa dos regulamentos e pelo estabelecimento de metas de desempenho e segurança. O processo envolve vários aspectos complexos, incluindo aerodinâmica, design do chassi, design do motor e suspensão, todos otimizados para melhorar o desempenho do carro. Vencer corridas é o objetivo final e o aspecto mais gratificante do trabalho, pois representa o culminar do árduo trabalho dedicado à concepção e desenvolvimento de carros de corrida.

18 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page